O Colégio Militar Dom Pedro II completa 20 anos de história em 2020. São muitos acontecimentos que se entrelaçam formando uma linda narrativa, que já marca a história da nossa cidade. Uma história de encontros e desencontros da escola da vida em meio ao sistema educacional de ordem militar. Sistema que foi se fazendo ao longo dos anos por meio do labor profissional que tem mais sentido de arte do que de trabalho.

O nosso tempo é caracterizado pela velocidade da informação e cotidiano acelerado. Fatos que atingiram fortemente nossa comunidade escolar, ora com emoção, ora com inquietação, mal são processados e já caem no esquecimento. São tantas formaturas, são tantos alunos formados que mal nos damos conta da importância desses fatos. Não é justo falar desse tempo sem mencionar a coragem dos nossos pioneiros, que tiveram ousadia para dar os primeiros passos. Pessoas corajosas que não cederam ao medo e à dúvida. Vinte anos de história não podem ser diluídos em vinte dias; é preciso resgatar a historicidade, aprender com os erros e projetar o futuro.   

Agora, ao lembrar das glórias do passado, damos passos firmes olhando para o futuro que almejamos construir. O nosso corpo discente tem conquistado êxito em diversos vestibulares, olimpíadas do conhecimento e premiações pedagógicas diversas no âmbito nacional e internacional. Esse sucesso não nasceu pronto, determinado ou está acabado! Ele foi se fazendo com cada gota de sangue depositada pelos artífices do ensino, seja por obrigação, seja por sentido de vida. Profissionais que não caíram na monotonia existencial do mesmo resultado, todos merecem nosso respeito e admiração!  

Educação Militar é o termo que associamos à atitude admirada e desejosa de aprender. Admirada em função do respeito às regras e à disciplina, bem como à conservação de valores que sobrevivem às intempéries do tempo: família, pátria e Deus. Desejosa de aprender no sentido de dialogar com o mundo atual, observando tudo e retendo o que é bom, fazendo de nosso aluno um ser pensante em busca de sentido.

É impossível obter dentro do sistema linguístico a representação simbólica de 20 anos de CMDP II. Entretanto, ousamos em afirmar que o processo de ensino-aprendizagem é ao mesmo tempo a força motriz e a ação prazerosa que nos dá vontade de continuar. Obrigado, Deus, por cada momento, cada pessoa e cada história!